Eu sou a tempestade
Vou lavar as ruas dessa cidade
Eu sou a mentira exposta
A verdade nua da qual ninguém gosta
Escondido pelos cantos
Subindo pelas paredes
Dormindo sobre pregos
Andando sobre brasas
quatro cavaleiros em um só
Dinheiro, fama, miséria e fome
Não finja que não me conhece
Eu tenho muitos
Eu sou a vingança fria
Que mata a sua sede todo dia
Eu sou o coração partido
Tudo que não foi e poderia ter sido
As pedras no caminho
O abraço afogado
O beijo traidor
O sacrifício em vão
quatro cavaleiros em um só
Dinheiro, fama, miséria e fome
Não finja que não me conhece
Eu tenho muitos nomes
Eu tenho muitos nomes
Eu tenho muitos nomes
Como o medo de sinceridade
A prisão que você chama de liberdade
Melhores dias nunca virão
Eu sou a nova inquisição
O ovo da serpente
A corda no pescoço
O desfecho inesperado
O minuto terminal
Quatro cavaleiros em um só
Dinheiro, fama, miséria e fome
Não finja que não me conhece
Eu tenho muitos nomes
Eu tenho muitos nomes
Eu tenho muitos nomes
Na na na na
Na na na na
Na na na na
Na na na na


Tags relacionadas

Música disponível em:

Compartilhe essa música

Comente essa música